terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Campanha será lançada em Aparecida

Este ano, a Campanha da Fraternidade aborda o tema “Fraternidade e Segurança Pública” e o lema “A Paz é Fruto da Justiça"


Da Redação do Jornal do Comercio (PE)


A abertura oficial da Campanha da Fraternidade (CF) 2009 será realizada este ano no Santuário de Aparecida, em Aparecida (SP), com missa na Quarta-Feira de Cinzas presidida pelo arcebispo de Aparecida, dom Raymundo Damasceno Assis e concelebrada pelo secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Dimas Lara Barbosa. A celebração será transmitida ao vivo, a partir das 9h, pelas televisões católicas (TV Aparecida, Rede Vida e TV Século XXI). Depois, o secretário-geral da CNBB e o arcebispo de Aparecida concederão entrevista coletiva à imprensa, durante a qual divulgarão a mensagem do papa Bento XVI sobre a campanha.
Solicitado pela Pastoral Carcerária e pela Pastoral da Criança, com o apoio das demais pastorais e movimentos da Igreja, o tema segurança pública foi aprovado pelo Conselho Permanente da CNBB há dois anos. O objetivo é aprofundar o debate sobre a segurança pública na sociedade e sobre as causas da violência e da cultura do medo.

Realizada desde a década de 60, a Campanha da Fraternidade é uma atividade ampla de evangelização desenvolvida pela Igreja católica no período da Quaresma. A cada ano um tema diferente é abordado, com os objetivos de despertar o espírito comunitário e cristão no povo, educar para a vida em fraternidade e renovar a consciência da responsabilidade de todos os fiéis pela ação da Igreja na evangelização.

A CNBB pretende, com a Campanha, debater a segurança pública, com a finalidade de colaborar na criação de condições para que o Evangelho seja mais bem vivido em nossa sociedade por meio da promoção de uma cultura de paz, fundamentada na justiça social.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009


Síntese da Reunião Paroquial

Na segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009, foi dado inicio às 20h a reunião do conselho paroquial, presidido pelo padre Josivan Bezerra Sales, que levantou diversos pontos para a reunião. Foi feito uma oração antes da reunião, que teve a participação de todos os presidentes dos grupos que participam da paróquia Bom Jesus do Arraial, dizimistas e paroquianos.

O padre Josivan afirmou que foi ordenado pelo Arcebispo de Olinda e Recife Dom José Cardoso Sobrinho, padre da paróquia Bom Jesus do Arraial e do santuário do Morro da Conceição. O pároco pediu ao arcebispo que adiantasse a nomeação do novo diácono do Morro da Conceição para o dia 25 de Março, dia da festa da anunciação do Senhor. A partir deste dia o pároco Josivan Sales ficará permanente em nossa paróquia, residindo e tomando frente da paróquia. Antes disso, o padre Josivan irá fazer missas tanto na nossa paróquia como no santuário de Nossa Senhora da Conceição.

A reunião abordou os seguintes temas: Crisma, Primeira Comunhão, Equipe de Liturgia, Coral, Equipe de Acolhida e algumas reformas que terão certa urgência.

Foi decidido, que as irmãs do colégio Santa Catarina, a irmã Marisete e a irmã Maria Elisabeth prepararão os jovens para a Crisma. E a irmã Roselina do Colégio Salesiano irá tomar conta das crianças da primeira comunhão. As inscrições já estão abertas na secretaria da paróquia.

Uma idéia trazida pelo padre Josivan que vai ser implantada na paróquia, é a criação de uma equipe de Acolhida, comandada por Vanda, onde quem tiver interesse irá ajudar na distribuição dos jornais e acolher o paroquiano quando estiver na nossa paróquia.

O grupo de Liturgia será comandado pelo professor e catequista Carlos, que irá conduzir a equipe e trabalhará fundo na liturgia dominical. Teremos também em todas as missas dominicais um coral formado por 15 pessoas que cantarão juntos com os músicos Geraldo, nas missas das 06h e 09h, e nas missas das 17h com Ivanildo Gonsalves.

Algumas reformas urgentes já foram selecionadas, a primeira é a reforma da casa paroquial que já está sendo feita, a segunda reforma será o melhoramento dos sanitários do salão paroquial, que estão em condições precárias de uso. O pároco irá também mudar o sistema sonoro da paróquia que também já está apresentando alguns defeitos. Segundo o Padre Josivan Sales essas reformas estruturais serão feitas em longo prazo.

Nessa nova administração, todos os paroquianos torcem para que as idéias do padre sejam todas cumpridas e sempre discutidas com toda a sociedade.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

A importância da voz em nossas vidas


Este mês, o Jornal Harmonia Extra, convidou a integrante do grupo jovem da paróquia Bom Jesus do Arraial, Vanessa Silva, que está terminando o curso de Fonoaudiologia pela Universidade Católica de Pernambuco para nos falar um pouco sobre a importância da nossa voz e os cuidados para mantê-la saudável no dia-a-dia.

Podemos concluir que a voz é um instrumento muito valioso, pois é por meio dela que expressamos sons, emoções, fala e o canto. Uma boa qualidade vocal, e os cuidados com a voz são imprescindíveis.

Segundo a estudante, a voz merece muitos cuidados, atualmente os profissionais da voz configuram o público que mais procuram atendimento fonoaudiológico. São cantores, professores, vendedores, operadores de telemarketing, padres, entre outros. De maneira geral, todos aqueles que utilizam a voz constantemente precisam adotar medidas preventivas, para que se evite o que chamamos de disfônia – alteração na qualidade vocal. E você, cuida da sua voz? A manutenção da saúde vocal pode ser efetivada através da diminuição ou extinção de alguns hábitos inadequados que influenciam negativamente a função vocal, além da apropriação de novos hábitos de comportamento vocal:

Hidratação: é recomendado que se tome, em média, 2 litros de água por dia. Durante o uso excessivo da voz, procure levar consigo uma garrafinha com água fresca. Tome goles de água durante a atividade vocal;

Alimentação: Procure, pelo menos antes do uso da voz, alimentar-se com comidas leves. Evite: comidas e molhos “pesados”, altamente temperados. Leite e derivados tendem a espessar a saliva, o que desencadeia pigarros. Pastilhas e “Sprays” geram um efeito anestésico no aparelho fonador, fazendo com que você, inconscientemente, esforçe-o mais do que o normal para a produção vocal. Espere um tempo para a atividade digestiva.

Abusos vocias: conscientize-se de sua intensidade vocal: procure não falar alto, não gritar, evitar falar em ambientes altamente ruidosos. Respeite os seus limites vocais. Pigarros e tosses também constituem abusos vocais, pois geram um forte choque entre as pregas vocais.

Repouso vocal: procure realizar pequenos intervalos para repouso vocal. Sua voz também precisa de descanso. O período do sono constitui-se como um valioso tempo para repouso vocal, o qual deve durar, no mínimo, 7 horas.

Hábitos inadequados: O tabagismo e o etilismo constituem-se agressores à voz; alimentos excessivamente gelados geram choque térmico no aparelho fonador e, conseqüentemente, podem desencadear edema das pregas vocais; procure evitá-los antes da atividade vocal excessiva.


Por: Cláudio Rocha

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Viver o Amor: um grande desafio para o Cristão

Todos nós, quando decidimos nos comprometer com Deus, automaticamente, nos comprometemos com algo muito importante: viver o Amor.

Essa, sem dúvida nenhuma, é a grande tarefa e o enorme compromisso daquele que se diz cristão. São João em sua epístola, nos alerta dizendo que quem não ama o seu próximo nunca poderá amar o Senhor, e ainda complementa afirmando que Deus é Amor.

Buscar Deus é buscar viver o Amor. São João quando diz: Deus é Amor, não está nos mostrando uma qualidade ou uma característica de Deus, mas sim a identidade de Deus. Ou seja, Deus não tem amor, mas sim é amor. No Amor se encontra Deus e em Deus se encontra Amor.

Por isso, buscar alcançar um contato com Deus, sem buscar estar em paz com o próximo é utopia. O amor é a "ferramenta fundamental" para alcançarmos a santidade que Deus nos pede.
Amar não é fácil! Requer de todos nós compromisso, desapego, sacrifícios... Enfim, amar é doar-se, não se importando consigo mesmo, mas sim com aquele que está ao nosso lado, independente de raça, religião, classe social, cultura...

Logo, amar é um grande desafio! Deus deseja que amemos e que busquemos a unidade fraterna, pois só assim poderemos chegar ao fim de nossa caminhada na plenitude e na glória do Senhor. Busquemos o amor!!!

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

A Paz é fruto da justiça

Todos os dias nós abrimos os jornais, ou ligamos a tv, ouvimos o rádio e nos defrontamos com notícias de violência que ferem a nossa consciência cristã. A cidade, o Estado, o país e o mundo enfrentam cada vez maiores situações de violências físicas, morais, verbais, simbólicas, etc. e, o que é pior, a banalização dessas notícias vão, aos poucos, nos deixando acostumados a elas. Mas isso não pode ser assim. O avanço dos casos de violência já passaram do limite há muito tempo e não podemos ficar alheios à essa situação simplesmente nos indignando de forma passiva e nada mais. Por isso mesmo a Igreja, a partir da Campanha da Fraternidade de da CNBB/2009, chama toda a sociedade, sobretudo os católicos, a procurarem agir de forma consciente e assumir de maneira mais cidadã o seu modo de ser cristão no mundo.

Enquanto cristãos e cidadãos devemos clamar por mais justiça, por mais segurança, por mais esforço da parte de cada um para que a sociedade chegue a ser o espaço de convivência fraterna que todos precisamos. Faz-se necessário maior empenho para que a paz não seja apenas um discurso bonito, mas uma realidade que se estabeleça a cada dia por meio de nossa ação solidária, e também de cobranças mais efetivas junto às autoridades que administram a coisa pública.
Convém aproveitarmos desta campanha da fraternidade para ficarmos mais atentos às leis e ao direito de todos à segurança e à felicidade, denunciando os casos de violência e de abuso que sofrem, sobretudo, os mais fracos. É tarefa nossa sermos solidários com quem sofre e justos com quem deve, ainda, respeitar as normas da convivência social.


Equipe Harmonia Extra

Veja nesta edição


Clique na imagem e visualize em formato maior.

Horários da Paróquia

MISSAS: Segunda , terça, quinta,
sexta e sábado às 19h.

AOS DOMINGOS: 6h.30min. – 9h. –
17h. (Missa dos jovens)

BATIZADOS: Aos domingos às 10h. da manhã.

CONFISSÕES: Aos domingos: 6h. da manhã
e das 16h.30min. ás 17h. e durante a semana:
todos os dias após a missa.

Obs: nas quartas-feiras não há missa.

Por que devemos nos confessar?

Neste sacramento, o pecador, entregando-se ao julgamento misericordioso de Deus, antecipa de certa maneira o julgamento a que será sujeito no fim desta vida terrestre. Pois é agora, nesta vida, que nos é oferecida a escolha entre a vida e a morte e só pelo caminho da conversão poderemos entrar no Reino do qual somos excluídos pelo pecado grave. Convertendo-se a Cristo pela penitência e pela fé, o pecador passa da morte para a vida sem ser julgado.

CIC – Catecismo da Igreja Católica. No.1470


MOVIMENTOS DA PARÓQUIA

RENOVAÇÃO CARISMÁTICA:
Grupo de Oração Bom Jesus
Todas as terças-feiras
20h, após a missa

Grupo de Oração Ave Maria
Todas as quintas-feiras 15h.

TERÇO DOS HOMENS
Todas as quartas –feiras às 19h.30min. Venha participar!

CONFERÊNCIA VICENTINA
(Seguimos Jesus nos passos de São Vicente de Paulo e
do Bem Aventurado Antônio Frederico Ozanam)
Nos reunimos todos os domingos
às 8h
da manhã.

GRUPO DE JOVENS RAINHA
DOS APÓSTOLOS
Todos os domingos, a partir das 16h.
(Unidos a Maria, serviremos a Jesus)

NAS PRIMEIRAS SEXTAS-FEIRAS DE CADA MÊS, VENHA PARTICIPAR DA BÊNÇÃO DO SSMO. SACRAMENTO, LOGO APÓS A MISSA DAS 19H.

COLUNA MARIANA


Glória a Jesus, glória a Maria, glória a Deus somente!

Podemos vivenciar nossos exercícios espirituais de várias maneiras. Uma delas é contemplando a presença de Deus, procurando ouvi-lo com o nosso coração e percebendo como somos importantes para Ele, como Ele nos ama e nos acompanha todo o tempo de nossas vidas.

Neste mês trazemos uma sugestão
de experiência de oração contemplativa:

JESUS E MARIA CONVERSANDO

Imagine que você está dormindo e Jesus e Maria entram em seu quarto para vê-lo. Eles conversam em tom baixo sobre você.
Note os laços de amor entre Jesus e Maria. Note a harmonia de amor. O que eles estão falando a seu respeito? Como eles olham para você e para sua vida? O que eles desejam para você?
Fique à vontade: pode acordar ou ficar dormindo. Note o tom de voz, a ternura, o amor que Jesus e Maria têm para com você.
À luz da conversa que você ouviu, há em sua vida algo que você gostaria de mudar? O que é? Quer mudá-lo mesmo? Peça a graça de começar a mudança agora.
Gratidão. Decisão. Coragem. Confiança.

Fonte: Janelas para abrir.
55 maneiras de orar - Autor: Barry William Malone - Ed. Santuário.


Coroa das dez virtudes de Maria

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo...
Pai Nosso... 10 Ave-Marias...
Em cada Ave-Maria, após as palavras: Santa Maria, mãe de Deus acrescenta-se uma das virtudes da Bem Aventurada Virgem Maria (como está abaixo: prudentíssima, etc...). Depois segue-se a oração normal da Ave Maria.

Prudentíssima; Humilíssima;
Fidelíssima; Obedientíssima;
Paupérrima; Pacientíssima;
Misericordiosíssima; e Dolorosíssima.

Glória...

A m i s s ã o h a r m o n i a e x t r a

Em apenas nove edições, o informativo paroquial HARMONIA EXTRA, já pôde contar com a colaboração fraterna e alegre de vários movimentos da nossa paróquia. Cremos que este é o maior sinal de que estamos fazendo a vontade de DEUS.



Equipe:
Anselmo Cabral

Flávio Brito

Cláudio Rocha




Por que um informativo na paróquia?

Em nossa paróquia existem vários movimentos formados por pessoas comprometidas há muitos anos e desenvolvendo belas e importantes iniciativas religiosas e sociais que precisam ser divulgadas. O informativo é um instrumento de testemunho das múltiplas formas como o Evangelho pode ser praticado na Igreja através do empenho pessoal e comunitário. Além disso, procura-se veicular outros textos de conteúdo religioso, como trechos do Catecismo de Igreja Católica e outros documentos e livros da Igreja.


Como as pessoas da paróquia receberam o informativo?

A grande felicidade da equipe que produz o Harmonia Extra é justamente poder perceber que nossos irmãos paroquianos não são apenas leitores do informativo, mas verdadeiros colaboradores, pois recebemos sugestões, elogios, orações e comentários. É muito gratificante percebermos que os membros dos diversos movimentos que já foram apresentados nas edições do informativo, sempre se colocaram muito disponíveis em colaborar nos oferecendo informações e entrevistas. O Harmonia Extra é, de fato, bem recebido pelas pessoas da paróquia e podemos perceber isso pelo espírito de parceria e de reciprocidade no diálogo que se estabelece por meio de um instrumento de comunicação.


Como surgiu o blog Harmonia Extra e qual sua importância?


O informativo impresso em si já é uma forma de documentar a informação. Algo que foi dito ou anunciado de maneira verbal, ao microfone, quando se torna uma informação impressa pode alcançar um número maior de pessoas, ampliando as possibilidades de pregação da Igreja. No formato impresso o informativo também pode até servir como memória da vida paroquial daqui há alguns anos. Agora, simultaneamente ao informativo impresso, o blog é disponibilizado na internet, pois pode ser acessado em qualquer lugar e a qualquer momento desde que a pessoa esteja conectada. Com este recurso virtual, há possibilidade de atualizar as informações de texto e imagem de forma mais rápida e ampla, sem falar que precisamos sempre nos utilizar dos meios mais modernos para anunciar o Evangelho. No blog não se encontram as mesmas coisas que estão no material impresso, a dinâmica é mais leve, mais imagética, o que torna a informação mais rápida, mais acessível e menos onerosa.


Como acontece a dinâmica de produção dos informativos impresso e virtual ?

Cremos que o mais importante é que vamos desenvolvendo o trabalho com a alegria de estamos procurando contribuir de alguma maneira na divulgação das atividades dos movimentos da paróquia. As dificuldades existem, pois a comunicação social exige esforço de equipe muito maior para garantir uma qualidade mínima do resultado final. Também não se dispõe de muito recurso material e o tempo é sempre muito exíguo para realizarmos os projetos que temos em mente para fazer avançar uma boa pastoral da comunicação na paróquia. Mas acreditamos em Deus e sabemos que em apenas 9 edições nós demos apenas os primeiros passos. Damos o nosso melhor e nos colocamos nas mãos do Senhor.


Por que a publicação da oração pelo informativo em várias edições?

Maria é a primeira cristã e a primeira evangelizadora. Ela deu Jesus ao mundo, e sempre acompanha e fortalece todas as iniciativas de evangelização.

“Jesus, Maria, eu vos amo, salvai almas!”

Devoção às almas

O título deste texto é uma jaculatória, ou seja, uma pequena oração ensinada pelo próprio Jesus Cristo á irmã Consolata Betrone (1903-1946), escolhida por Deus para confirmar no mundo a doutrina do caminho da Infância espiritual já ensinado por Santa Terezinha do Menino Jesus, dando-lhe agora uma forma simples. A obra das almas pequeníssimas é a união de todas as pessoas que se propõem a seguir este caminho da infância espiritual na observância de três deveres: 1. Repetir constantemente o ato de amor: Jesus, Maria, eu vos amo, salvai almas! com o coração (não é necessário mover os lábios), desde o despertar até o adormecer; 2. Praticar a caridade, com um sorriso, vendo e tratando Jesus em todos, e 3. Fazer a vontade de Deus com um”Obrigado, meu Jesus”.

AS PROMESSAS DE JESUS PARA CADA ATO DE AMOR:

Cada vez que se pronuncia este ato e amor: Jesus, Maria, eu vos amo, salvai almas, uma alma é salva. Por este ato de amor se dá a Deus o que mais lhe agrada: amor e almas. É ato de caridade perfeita pela incessante súplica em favor de todas as almas, as da Igreja militante, que somos nós, a caminho da casa do Pai, e as da Igreja Padecente, as almas do purgatório. Repetido, a todo momento e em qualquer lugar, atrai uma chuva de graças particulares e, sobretudo, prepara o triunfo da Misericórdia Divina nos corações humanos. Um novo pentecostes em escala mundial.

Para conhecer melhor e/ou para divulgar o ato de amor peça folhetos grátis à
Obra das Almas Pequeníssimas:
Cx Postal 265, Botucatu SP, CEP 18603-970

Dica para animar o Ano Paulino

Se você é professor ou professora, sugira aos seus alunos a leitura sobre algum trecho de uma das cartas de são Paulo. O material é facílimo de encontrar pois quase todo mundo tem ou pode conseguir um exemplar do Novo Testamento.

A partir das cartas paulinas é possível realizar valiosos debates sobre o envolvimento cristão na sociedade e nas práticas cotidianas de cidadania. Leia a sua Bíblia antecipadamente, selecione com critério o(s) trecho(s) que vai indicar, esclareça que se trata de um trabalho de caráter ecumênico, se quiser, leia este jornalzinho para eles na própria sala de aula, e trabalhe estes conteúdos de forma criativa, indicando várias formas de produção e apresentação para os trabalhos; deixe que eles mesmos escolham o formato final: (cordel, cartaz, painel, maquetes, esculturas de material reciclado ou massa de modelar, paródias, etc.).

Será ótimo que os resultados dos trabalhos sejam expostos, depois, no próprio espaço de circulação da escola. Seus alunos certamente ampliarão a compreensão que têm sobre a Bíblia e, possivelmente, sentirão novo impulso para atuarem como novos multiplicadores dos valores do Evangelho na sociedade.

Se você é membro desta Paróquia BOM JESUS DO ARRAIAL, quando realizar seu projeto, fotografe, relate a experiência e entregue para alguém da equipe HARMONIA EXTRA. Ficaremos felizes em divulgar a sua atividade.

Anselmo Cabral
Professor
e Ministro Extraordinário da Comunhão Eucarística e da Palavra MECEP

Oração da Campanha da Fraternidade / 2009

Bom é louvar-vos, Senhor, nosso Deus,
que nos abrigais à sombra de vossas asas,
Defendeis e protegeis a todos nós, vossa família, como uma mãe, que cuida e guarda seus filhos.

Nesse tempo em que nos chamais à conversão, à esmola, ao jejum,
à oração e à penitência,
pedimos perdão
pela violência e pelo ódio
que geram medo e insegurança.
Senhor, que a vossa graça venha até nós
e transforme nosso coração.

Abençoai a vossa Igreja e o vosso povo
para que a Campanha da Fraternidade
seja um forte instrumento de conversão.
Sejam criadas as condições necessárias
para que todos vivamos em segurança,
na paz e na justiça que desejais.

Amém

Fonte: Texto-base da CF CNBB / 2009. pág.. 3

Tempo litúrgico

Fonte: site Wikipédia

A Q U A R TA - F E I R A
D E C I N ZA S

A quarta-feira de cinzas é o primeiro dia da quaresma no calendário cristão ocidental. As cinzas que os cristãos católicos recebem neste dia é um símbolo para a reflexão sobre o dever da conversão, da mudança de vida, recordando a passageira, transitória, efêmera fragilidade da vida humana, sujeita à morte.

Ocorre quarenta dias antes da Páscoa sem contar os domingos (que não são incluídos na quaresma) e quarenta e seis dias antes da semana santa, contando os domingos. Seu posicionamento varia a cada ano dependendo da data da Páscoa.

A data pode variar do começo de fevereiro até a segunda semana de março. Alguns cristãos tratam a quarta-feira de cinzas como um dia para se lembrar a mortalidade da própria mortalidade. Missas são celebradas tradicionalmente neste dia nas quais os participantes são abençoados com cinzas pelo padre que administra a cerimônia. O padre marca a testa de cada pessoa com cinzas e esse simbolismo relembra a antiga tradição do oriente médio de jogar cinzas sobre a cabeça como símbolo de arrependimento. No catolicismo romano este é um dia de jejum e penitência.

A campanha da fraternidade CNBB 2009 - Fraternidade e segurança pública

Nesta quaresma, a CNBB, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, propõe a discussão para a sociedade e a Igreja sobre um tema de grande atualidade e necessidade para todos: a segurança pública. Com o lema ‘A fraternidade é fruto da justiça’, a campanha da fraternidade/2009, deseja fazer refletir sobre pontos relevantes considerando prioritariamente a dimensão social da existência humana, procurando entender os tipos e as causas para tantos conflitos.

Seguindo o método VER, JULGAR E AGIR, o texto-base da CF/2009, avança na discussão desta temática abordando corajosamente questões como violência, corrupção e injustiça social, debatendo assuntos como o universo das drogas, o tráfico de seres humanos e violência sexual e no mundo do trabalho, chamando a tenção de todos, no entanto, para os sinais de esperança por meio de ações solidárias e sócio-transformadoras através da mobilização social e também da ação pastoral da Igreja. Na iluminação bíblica, a CNBB aborda o profetismo cristão diante dos casos de violência; nesse sentido o texto-base cita, como exemplo, a atuação de são Paulo Apóstolo através do trabalho missionário e da reflexão sobre o mistério de Cristo (pág. 82), e dá-nos alguns fundamentos cristológicos, como os mistérios pascal e eucarístico fundamentais para a missão da Igreja e a promoção de uma paz contextualizada e positiva, capaz de inspirar o poder como serviço e não como forma de dominação.

Assim, por meio desta nova e atual campanha, a Igreja nos chama a todos para assumirmos um compromisso na luta contra as causas e os fatores da insegurança que se instalou em nossa sociedade e que muitas vezes se apresentam mais próximas da nossa realidade do que supúnhamos. Espera-se de todos e da cada um, sobretudo, o agir solidário para com as vítimas da violência.

Oração pelo informativo Paroquial


Harmonia extra

Ó doce virgem Maria, vós que amais todas as iniciativas de evangelização e de participação fraterna na Igreja do vosso Filho e Nosso Senhor Jesus Cristo, abençoai o nosso informativo paroquial Harmonia Extra, para que seja instrumento de amor e de partilha e para que possa desenvolver, sob o vosso olhar de mãe, um abençoado serviço de Comunicação Pastoral na nossa paróquia. Olhai e inspirai com amor a todos nós, paroquianos e membros dos movimentos desta Paróquia Bom Jesus do Arraial. Acompanhai-nos com a vossa luz,
iluminai e protegei o nosso pastor: padre Josivan Sales. Amém

DEUS PROVÊ, DEUS PROVERÁ,
SUA MISERICÓRDIA NÃO FALTARÁ!
Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

As esperanças da dúvida

Tive um chão (mas já faz tempo) todo feito de certezas
tão duras como lajedos.
Agora, (o tempo é que o fez),
tenho um caminho de barro umedecido de dúvidas.

Mas nele (de vagar vou) me cresce funda a certeza
de que vale a pena o amor.

Thiago de Melo.
Os estatutos do homem. Ed. Bertrand Brasil

Nossos colaboradores