Ano Paulino


Paulo e a Universalidade


Anselmo Cabral- professor e Mecep *


Uma das mais bonitas características do apóstolo Paulo é seu espírito universalista. Uma vez convertido, Paulo desejou ‘se fazer tudo para todos a fim de ganhar todos para Cristo’. Esta sua atitude de total doação à missão recebida do próprio Jesus Cristo Ressuscitado nos apresenta um homem completamente comprometido com a palavra que prega, responsável, ele, em primeiro lugar, em fazer chegar a todas as pessoas ‘quer fossem judeus ou gentios’ não apenas o anúncio mas, ainda, o testemunho da dedicação àquele Deus que não faz distinção de pessoas e a todos chama para a salvação.

Paulo se mostra todo o tempo como alguém que está preocupado com a felicidade verdadeira das pessoas e transforma essa preocupação em atitudes de evangelização por meio das viagens missionárias, da organização de comunidades e das inúmeras cartas que escreveu. Revelou-se um COMUNICADOR.

O apóstolo tinha uma mentalidade aberta. Via longe onde a necessidade de fazer chegar o anúncio de Jesus Cristo: a todos os lugares e a todos os homens e mulheres da Terra. Que bom se neste Ano Paulino o Espírito Santo aumentasse em cada um de nós o mesmo impulso missionário que concedeu a Paulo, que intensificasse nosso amor a Cristo e aumentasse nosso apostolado de pregação e testemunho nos lugares todos onde exercemos os nossos compromissos normais do dia a dia. Isto pode até parecer fácil, mas exige coragem e tenacidade de apóstolo...


* MECEP – Ministro extraordinário da comunhão eucarística e da palavra.

Comentários