Catequese e vida da Igreja


A catequese é uma das principais atividades da Igreja que tem por missão anunciar o Evangelho e tornar Jesus conhecido e amado. Na tarefa de dar formação religiosa e iniciação cristã às crianças, aos jovens, aos adolescentes e aos adultos, muitas pessoas, sacerdotes, religiosos, religiosas, leigos e leigas, generosamente se dedicam no trabalho de catequistas. Neste mês conversamos com Rodrigo do Nascimento, 25 anos, membro da equipe de catequese na nossa paróquia.

H.E.- Rodrigo, no momento atual, em que tantos valores e interesses fazem parte da cultura da nossa sociedade, qual a importância da catequese na sua opinião?

Rodrigo- A catequese tem o papel fundamental de evangelizar as pessoas, ensinando a doutrina da nossa fé e o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, também de apresentar os sacramentos com os seus valores, que devemos saber. É com a catequese que se lança a semente da evangelização.

H.E.- Atualmente a Igreja se refere à importância de uma catequese renovada. O que isso quer dizer?

Rodrigo- Catequese renovada quer dizer que nós, catequistas, a cada dia mais devemos renovar a nossa própria evangelização, tendo sempre palavras de sabedoria para transmitirmos aos outros.

H.E.- A leitura da Bíblia é a base para a formação dos catequistas. Que outras leituras e estudos são importantes para a formação e atualização de um bom catequista?

Rodrigo- Além da Sagrada Escritura o catequista deve sempre ter em mãos o Catecismo da Igreja Católica, este, junto com a Bíblia é um grande instrumento de Evangelização. Além do mais, temos também os documentos da CNBB, as encíclicas e exortações dos papas. Todos esses textos são muito bons para nos prepararmos espiritualmente e intelectualmente para a formação catequética.

H.E.- Quais os grandes desafios da catequese atualmente?

Rodrigo- O grande desafio da catequese é fazer com que as crianças e os jovens permaneçam na Igreja e se integrem nos movimentos paroquiais, pois ainda são poucos os que, depois que recebem os sacramentos, permanecem na Igreja e no serviço para Deus por meio da paróquia.

H.E.- O que buscam os jovens que procuram uma formação religiosa católica na Igreja? Eles querem apenas receber os sacramentos ou têm ideais maiores para suas vidas de cristãos católicos?

Rodrigo- Muitos jovens vêm à procura dos sacramentos, mas poucos permanecem na participação das atividades da paróquia. Depois que recebem os sacramentos do batismo, eucaristia e crisma, poucos perseveram na caminhada da fé.

H.E.- Os meios de Comunicação Social (tv, rádio, jornais, revistas,internet, etc.) podem ser úteis para o trabalho de animação e conscientização de um catequista? De que maneira?

Rodrigo- Muitas vezes os meios de comunicação atrapalham e muitas vezes também nos ajudam. Certos tipos de programa banalizam a Igreja mostrando situações inadequadas de imoralidade e idealizando fantasias não cristãs. Isto acontece não apenas com os programas mas também com as novelas. Podemos afirmar também que existem programas de nosso interesse que ajudam na conscientização dos catequistas, evangelizando a cada dia na nossa fé católica.

H.E.- Comente um pouco para nós sobre a importância do envolvimento da família para o sucesso da catequese:

Rodrigo- A família tem o papel principal na iniciação da fé cristã, pois é a base para as crianças e os jovens. As famílias devem estar em consonância com a doutrina da fé cristã participando das celebrações eucarísticas e despertando nos filhos o interesse pelo valor dos sacramentos.

H.E.- A Igreja do Brasil lançou o Ano Catequético dentro do Ano Paulino. Qual a importância disso?

Rodrigo- O grande valor do ano catequético e do ano paulino é lembrar que todos nós devemos evangelizar, assim como são Paulo, temos que anunciar o Reino de Deus. Mostrar o caminho, a verdade e a vida da fé em Cristo.

Comentários

Adriana Freitas disse…
SOU BLOGUEIRA DE CORAÇÃO E ADOREI ENCONTRR UM BLOG DA IGREJA. CASEI LA HA 1 ANO. AS VEZES VOU A MISSA LA. MAS FREQUENTO A IGREJA DO MEU BAIRRO ALTO JOSÉ DO PINHO.
ADRIANA disse…
ADOREI ENCONTRAR ESTE BLOG. CASEI NESTA IGREJA A UM ANO. AS VEZES VOU A MISSA. FREQUENTO MAIS A MINHA COMUNIDADE ALTO JOSÉ DO PINHO