Pentecostes: Dia 31 de maio

No dia de pentecostes (no fim das sete semanas pascais), a Páscoa de Cristo de realiza na efusão do Espírito Santo que é manifestado, dado e comunicado como pessoa Divina: de sua plenitude, Cristo, Senhor, derrama em profusão o Espírito. Nesse dia é revelada plenamente a Santíssima Trindade. A partir desse dia, o Reino anunciado por Cristo está aberto aos que crêem nele, na humildade da carne e na fé, eles participam já da comunhão da Santíssima Trindade. Por sua vinda – e ela não cessa – o Espírito Santo faz o mundo entrar nos “últimos tempos”, o tempo da Igreja, o Reino já recebido em herança, mas ainda não consumado:

VIMOS A VERDADEIRA LUZ,
RECEBEMOS O ESPÍRITO CELESTE, ENCONTRAMOS A VERDDEIRA FÉ,
ADORAMOS A TRINDADE INDIVISÍVEL,
POIS FOI ELA QUEM NOS SALVOU.

CIC – Catecismo da Igreja Católica (731 – 732)

Comentários