Memórias e Tecnologias

Anselmo Cabral
Professor e MECEP



Não é pequeno o número de pessoas que vez ou outra, gosta de sentar numa boa poltrona ou diante de um computador e reabrir antigos álbuns ou arquivos de fotografias para recordar bons momentos que ficaram registrados por meio do clic de uma maquina fotográfica.

As fotografias têm esse condão de nos levar de volta ao passado e reacender as emoções preciosas dos fatos que nunca mais voltarão a acontecer mas que ficaram guardados e documentados. Por isso uma imagem fotográfica não é apenas um registro iconográfico para um deleite meramente sentimental, é também uma fonte histórica. Muitas informações de um tempo que não existe mais estão lá, num jeito antigo que as pessoas tinham de se vestir, num mobiliário que já não é mais produzido ou na paisagem de muitos lugares que com o tempo tiveram sua organização urbanística modificada pelo progresso.

Este mesmo progresso possibilitou a digitalização das imagens e a produção em grandes quantidades de fotografias que muitas vezes se perdem porque não são mais reveladas em papel nem devidamente ‘guardadas’ em mídias resistentes e, por isso, se perdem, inviabilizando a possibilidade de serem novamente apreciadas no futuro.

As fotografias são fontes de informações e de emoções e devem ser tratadas com a importância documental que têm. Organize seu banco de imagens pessoal. Verá que com o correr do tempo será prazeroso e útil dispor desta fantástica possibilidade de rever o passado e de reencontrar nele detalhes de um mundo que fora das fotos só existem na nossa memória e na nossa emoção.

Comentários