Pular para o conteúdo principal

Memórias e Tecnologias

Anselmo Cabral
Professor e MECEP



Não é pequeno o número de pessoas que vez ou outra, gosta de sentar numa boa poltrona ou diante de um computador e reabrir antigos álbuns ou arquivos de fotografias para recordar bons momentos que ficaram registrados por meio do clic de uma maquina fotográfica.

As fotografias têm esse condão de nos levar de volta ao passado e reacender as emoções preciosas dos fatos que nunca mais voltarão a acontecer mas que ficaram guardados e documentados. Por isso uma imagem fotográfica não é apenas um registro iconográfico para um deleite meramente sentimental, é também uma fonte histórica. Muitas informações de um tempo que não existe mais estão lá, num jeito antigo que as pessoas tinham de se vestir, num mobiliário que já não é mais produzido ou na paisagem de muitos lugares que com o tempo tiveram sua organização urbanística modificada pelo progresso.

Este mesmo progresso possibilitou a digitalização das imagens e a produção em grandes quantidades de fotografias que muitas vezes se perdem porque não são mais reveladas em papel nem devidamente ‘guardadas’ em mídias resistentes e, por isso, se perdem, inviabilizando a possibilidade de serem novamente apreciadas no futuro.

As fotografias são fontes de informações e de emoções e devem ser tratadas com a importância documental que têm. Organize seu banco de imagens pessoal. Verá que com o correr do tempo será prazeroso e útil dispor desta fantástica possibilidade de rever o passado e de reencontrar nele detalhes de um mundo que fora das fotos só existem na nossa memória e na nossa emoção.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagem para o Dia Internacional da Mulher - Missa dos jovens 17h

Igreja Bom Jesus do Arraial
Grupo: Maria: Rainha dos Apóstolos


Dia Internacional da Mulher


Ser mulher...
É viver mil vezes em apenas uma vida
É lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora.
É estar antes de ontem e depois do amanhã
É desconhecer a palavra recompensa
Apesar de seus atos.
Ser mulher...
É chorar de alegria e muitas vezes
Sorrir com tristeza.
É acreditar quando ninguém mais acredita.
É cancelar sonhos em prol de terceiros.
É esperar quando ninguém mais espera.

Ser mulher...
É estar em mil lugares de uma só vez.
É fazer mil papeis ao mesmo tempo.
É ser forte e fingir que frágil...
Para ter um carinho.
Parabéns mulher!
Não pelo oito de março;
Mas,
Por serem mulheres...
Fortes e Lutadoras,
Duras e fracas,
Mulheres de todas as raças,
Mulheres guerreiras,
Mulheres sem fronteiras,
Mulheres de beijo e abraço

Parabéns pelo dia 8 de março


Confira as fotos da entrega das tulipas feita pelo grupo jovem Maria: Rainha dos Apóstolos:

http://www.vibeflog.com/igrejadaharmonia

Andor de Nossa Senhora da Conceição

O blog Harmonia Extra traz em primeira mão para todos os internautas que acompanham o informativo através da internet, como foi os preparativos do andor com a imagem de Nossa Senhora da Conceição.

Com muita fé e amor, o cabelereiro e decorador Silvio com sua equipe, foi quem fez a decoração completa do andor. Este ano, em homenagem a França, o andor foi revestido por rosas vermelhas, azuis e brancas. Nos pés da imagem foi construída uma pequena cidade cenográfica que retrata o tema da Festa “Maria, Um Olhar Sobre a Cidade”.

Antes:   




















Depois:









Equipe que ajudou na Decoração do Andor de Nossa Senhora da Conceição

Entrega de novas fitas do Apostolado da Oração

Na primeira sexta feira do mês de julho, dia 01, tivemos a cerimônia da entrega das fitas às novas zeladas do Apostolado da Oração de nossa paróquia bem como a passagem de antigas zeladas para zeladoras.
Com o recebimento do manual e da patente as novas zeladas incorporam-se a um movimento centrado na devoção ao Sagrado Coração de Jesus. A devoção ao Sagrado Coração de Jesus iniciou-se ao pé da cruz no momento em que o soldado com uma lança perfurou lhe o lado abrindo Seu coração. O 'Apostolado da Oração teve seu início na França em uma casa de estudos em Valsperto de Le Puy. Crescia nos estudantes de teologia e filosofia, presos em seus livros e temas escolares, o anseio de realizar algum apostolado direto nas paróquias junto ao povo. Inspirado pelo Espírito Santo Pe Francisco Xavier Gautrelet, jesuíta, no dia 3 de dezembro de 1844 lançou essa luminosa idéia: oferecer seus trabalhos e estudos, sacrifícios e alegrias, oferecendo tudo, em espírito apostólico, nascendo assim o Aposto…