Seminário de Comunicação reúne paróquias da Arquidiocese de Olinda e Recife


Com o tema Novas fronteiras da Pastoral da Comunicação: diretrizes e propostas de atuação, foi realizado nos dias 23 e 24 de abril, no Colégio São José, o I Seminário Arquidiocesano de Comunicação do Arcebispado de Olinda e Recife. O evento foi uma parceria entre a Comissão Arquidiocesana de Pastoral para a Cultura, a Educação e a Comunicação Social e as Irmãs Paulinas.
                     
O encontro teve início com a apresentação de dança cultural do grupo Corpos e Tambores, que faz parte do Movimento Pró-Criança, uma entidade sem fins lucrativos, ligada à arquidiocese. Após apreciarem a diversidade dos ritmos pernambucanos, as pessoas participaram da Conferência de Abertura do evento presidida pela assessora do Setor de Comunicação da CNBB, Irmã Élide Fogolari.

A assessora explicou que é preciso entender o que significa Pastoral da Comunicação não como um bloco único, mas de forma separada. Assim, será possível perceber que elas se complementam. “Pastoral é toda a ação que muda o modo de pensar, ver e agir de quem está sendo pastorado pelo anúncio da Palavra do Reino de Deus.” E acrescentou: “A comunicação faz parte da vida do homem. Ela é uma necessidade social.”

Irmã Élide apresentou dois tipos de comunicação: a linear e a dialógica. A primeira é uma forma autoritária de anúncio. Ela é feita de forma vertical, centralizada e unidirecional. Já a dialógica, é dinâmica e interativa. Provoca igualdade, amor e justiça. Além disso, a assessora deu direcionamentos para que as Pastorais da Comunicação possam ser implantadas com sucesso.

Na manhã do sábado, os integrantes das Pascoms paroquiais escolheram entre quatro oficinas (Internet, Produção de Programas Radiofônicos, Jornal Impresso e Comunicação e Liturgia) para aprofundar o conhecimento na área e vivenciar novas experiências. O primeiro passo foi dado: motivar agentes da pastoral a implantar ou aperfeiçoar a comunicação nas suas comunidades eclesiais. Em quase 100 anos da Arquidiocese de Olinda e Recife, este é o primeiro Seminário de Comunicação, mas segundo a Irmã Élide Fogolari este fato não deve ser visto como algo negativo, pelo contrário é motivo de esperança.

O seminário terminou com a apresentação das propostas para o fortalecimento do Setor de Comunicação da Arquidiocese. Alguns participantes fizeram sugestões entre elas: formação na área de comunicação para o clero, capacitação voltada para novas mídias, divulgação dos programas de rádio católicos no site da arquidiocese e durante as missas. A Comissão Arquidiocesana de Comunicação, presidida pelo Padre Luciano Brito, propôs a articulação das Pastorais da Comunicação Paroquiais através de reuniões e encontros de formação.



Kleber Nunes - Setor de Comunicação AOR
3271.4270 / 3453.4958 / 9424.2214

Renata Gabrielle - Setor de Comunicação AOR
3271.4270 / 3453.4958 / 8849-9509
 

Comentários