Pular para o conteúdo principal

Ciclo Junino

Por: Pedro Gomes

Os festejos juninos no Brasil e em particular no Nordeste foram introduzidos desde o início da colonização portuguesa e influenciaram diretamente o costume de nosso povo.

As festas em homenagem aos santos caracterizam valores herdados, bem como as crenças, músicas, danças e comidas típicas. A origem desses festejos no Brasil remonta da primeira metade do século XVI, tendo como referência bibliográfica os escritos de Frei Vicente de Salvador: “As fogueiras, os fogos de artifício, as brincadeiras, o pagamento de promessas e outras tantas crendices, atraiam silvícolas e camponeses à capela. Missas eram celebradas, se contavam histórias, faziam-se adivinhações. Os padres procuravam conquistar aos neo cristãos e lhes fortificar a fé católica.”

No Nordeste, as festas juninas estão diretamente vinculadas ao início da colheita do milho e é sobre esse alimento que se concentra toda a culinária de época.

Na noite do dia 23, véspera do dia de São João, convencionou-se por tradição acender as famosas fogueiras votivas e soltar variados tipos de fogos, para agradecer a fertilidade da terra.

Além desses atrativos, outro aspecto cultural advindo da  Europa é a tradicional quadrilha, dança que abria os bailes da corte em qualquer país europeu e que aqui foi adaptada aos nossos costumes, onde o marcador vai anunciando os passos, no total de trinta, através de nomes aportuguesados do francês como por exemplo:

“Anavantur, anarriêr”, entre outros. Homens e mulheres em fila indiana ficam um de frente para o outro e a cada determinação de passo se desdobram ao toque da sanfona, triângulo e zabumba, instrumentos musicais de percussão típicos dessa dança. Ainda dentro da vasta variedade cultural junina temos os enfeites, balões, bandeirinhas, o casamento matuto, em que se interpreta um matrimônio “debochado”, da severidade dos pais.

Por fim, não se pode deixar de falar nas comidas típicas dessa época, pamonha, canjica, mungunzá, milho cozido, milho assado, bolo de milho verde, bolo de fubá, pé-de-moleque, etc., guloseimas que certamente encontram fácil aceitação no paladar de qualquer pessoa. Portanto, nesse São João, divirta-se! ... é festa, é copa do mundo, torça bastante pelo Brasil, mas na hora de acender a fogueira e de soltar os fogos de artifício tenha bastante cuidado, com fogo não se brinca e não solte balões na cidade, pois pode provocar acidentes e incêndios. No mais, Feliz São João para todos!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagem para o Dia Internacional da Mulher - Missa dos jovens 17h

Igreja Bom Jesus do Arraial
Grupo: Maria: Rainha dos Apóstolos


Dia Internacional da Mulher


Ser mulher...
É viver mil vezes em apenas uma vida
É lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora.
É estar antes de ontem e depois do amanhã
É desconhecer a palavra recompensa
Apesar de seus atos.
Ser mulher...
É chorar de alegria e muitas vezes
Sorrir com tristeza.
É acreditar quando ninguém mais acredita.
É cancelar sonhos em prol de terceiros.
É esperar quando ninguém mais espera.

Ser mulher...
É estar em mil lugares de uma só vez.
É fazer mil papeis ao mesmo tempo.
É ser forte e fingir que frágil...
Para ter um carinho.
Parabéns mulher!
Não pelo oito de março;
Mas,
Por serem mulheres...
Fortes e Lutadoras,
Duras e fracas,
Mulheres de todas as raças,
Mulheres guerreiras,
Mulheres sem fronteiras,
Mulheres de beijo e abraço

Parabéns pelo dia 8 de março


Confira as fotos da entrega das tulipas feita pelo grupo jovem Maria: Rainha dos Apóstolos:

http://www.vibeflog.com/igrejadaharmonia

Andor de Nossa Senhora da Conceição

O blog Harmonia Extra traz em primeira mão para todos os internautas que acompanham o informativo através da internet, como foi os preparativos do andor com a imagem de Nossa Senhora da Conceição.

Com muita fé e amor, o cabelereiro e decorador Silvio com sua equipe, foi quem fez a decoração completa do andor. Este ano, em homenagem a França, o andor foi revestido por rosas vermelhas, azuis e brancas. Nos pés da imagem foi construída uma pequena cidade cenográfica que retrata o tema da Festa “Maria, Um Olhar Sobre a Cidade”.

Antes:   




















Depois:









Equipe que ajudou na Decoração do Andor de Nossa Senhora da Conceição

Entrega de novas fitas do Apostolado da Oração

Na primeira sexta feira do mês de julho, dia 01, tivemos a cerimônia da entrega das fitas às novas zeladas do Apostolado da Oração de nossa paróquia bem como a passagem de antigas zeladas para zeladoras.
Com o recebimento do manual e da patente as novas zeladas incorporam-se a um movimento centrado na devoção ao Sagrado Coração de Jesus. A devoção ao Sagrado Coração de Jesus iniciou-se ao pé da cruz no momento em que o soldado com uma lança perfurou lhe o lado abrindo Seu coração. O 'Apostolado da Oração teve seu início na França em uma casa de estudos em Valsperto de Le Puy. Crescia nos estudantes de teologia e filosofia, presos em seus livros e temas escolares, o anseio de realizar algum apostolado direto nas paróquias junto ao povo. Inspirado pelo Espírito Santo Pe Francisco Xavier Gautrelet, jesuíta, no dia 3 de dezembro de 1844 lançou essa luminosa idéia: oferecer seus trabalhos e estudos, sacrifícios e alegrias, oferecendo tudo, em espírito apostólico, nascendo assim o Aposto…