quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Dia de Reis

Há alguns anos, em muitos bairros de periferia, e no centro da cidade também, era comum grupos de pastoril finalizarem o Dia de Reis com a queima da lapinha, um cenário feito com vários objetos, representando a manjedoura onde nasceu Jesus de Nazaré. O evento acontece no Sítio da Trindade (Bairro das Graças) com apresentação de Pastoris. 


A concentração começa às 18h em frente a Igreja da Harmonia (Rua da Harmonia, Graças). Entrada gratuita

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

O Marco Zero para uma nova juventude de Pernambuco

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) nasceu em 1985 por inspiração do Beato João Paulo II e hoje reúne, durante uma semana num país escolhido pelo Papa, milhares de jovens do mundo inteiro para celebrar a fé cristã, partilhar suas culturas e construir pontes de amizade entre os povos. No encerramento da JMJ Madrid, que aconteceu no último mês de agosto e reuniu 2 milhões de jovens, o Papa Bento XVI anunciou que a sede da próxima JMJ será a cidade do Rio de Janeiro em 2013.

O Brasil se prepara para realizar a JMJ Rio 2013! E por conta desta Jornada acolhe dois grandes símbolos: a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora. Estes símbolos, entregues pelo Beato João Paulo II à juventude, percorrem o país sede de uma JMJ para motivar todo o processo de preparação. No Brasil, a Cruz e o Ícone foram acolhidos no dia 18 de setembro na cidade de São Paulo no evento intitulado “Bote Fé” que reuniu 100 mil pessoas.

A Peregrinação da Cruz e do Ícone na Arquidiocese de Olinda e Recife acontecerá no período de 15 a 19 de janeiro de 2012 e terá como marco o evento “Bote Fé Recife”, previsto para ser realizado no Marco Zero no dia 16 de janeiro das 14h30min às 0h. Neste dia teremos a Missa presidida pelo Arcebispo Dom Fernando Saburido no Santuário de Nossa Senhora de Fátima na Boa Vista às 12h e às 14h30min uma grande caminhada jovem com a Cruz e o Ícone pelas ruas do centro do Recife rumo ao Marco Zero. No Marco Zero teremos uma rica programação cultural com músicas populares e religiosas, grupos artísticos e bandas católicas. Seremos animados pela Banda Anjos de Resgate, pela cantora Eliana Ribeiro e pelo cantor Diego Fernandes. Os artistas da terra com Pe. João Carlos, Frei Damião, Paulo DR, DDD, Banda Vox Dei, Banda Hallel, Tribos de Jacó, Cristina Amaral e muitos outros farão a festa ter um gosto bem pernambucano.

O Bote Fé Recife será a acolhida oficial dos símbolos da JMJ na Arquidiocese de Olinda e Recife e o ponto alto da peregrinação por várias realidades como paróquias, santuários, escolas, presídios, favelas, hospitais, obras sociais e casas de recuperação de dependentes químicos.

Com o Bote Fé Recife, o Estado de Pernambuco e os municípios da Grande Recife estarão, no mês de janeiro, no foco de uma peregrinação com repercussão na mídia nacional e mundial. Recife se tornará a “Capital Mundial da Juventude Católica”. As atenções do Vaticano e da CNBB, bem como das autoridades políticas do Brasil, se dirigirão para Pernambuco e a Grande Recife, pois a expectativa, a partir da tradição dos nossos grandes eventos, é que se realize o maior “Bote Fé” do Brasil. Isto dará um grande impulso para o turismo religioso e cultural, já que se têm notícias de que várias caravanas de Estados do Nordeste e de outras regiões do País estão sendo organizadas.

Uma grande Comissão Coordenadora foi criada para articular o Bote Fé Recife a partir de várias Equipes. A Arquidiocese, através da Comissão Pastoral para a Juventude, estabelecerá parcerias para viabilizar a logística desse grande evento de caráter religioso, social e cultural. O Bote Fé Recife pretende ser uma grande celebração da fé e dos sonhos da juventude buscando suscitar um compromisso profético pela causa da vida e dignidade dos jovens.

Acessem nosso site www.boteferecife.com.br! Sigam nosso twitter @BoteFeRecife! E sigam nosso perfil e comunidade no facebook Bote Fé Recife!
Pe. Gimesson Silva, SCJ
Presidente da Comissão Arquidiocesana de Pastoral para a Juventude 

“Somos anunciadores da esperança”, diz dom Saburido

Centenas de famílias participaram da tradicional Missa do Galo, em frente ao Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, no Derby, área central da cidade, neste sábado, 24. Crianças e adultos juntos celebrando o verdadeiro sentido do Natal, o nascimento do filho de Deus e como disse o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, “o maior presente de Deus”. A missa foi concelebrada pelo capelão da PM, padre Renaldo Jacinto. Participaram da celebração também, o comandante geral da PM, o coronel Antonio Carlos Tavares Lira e o governador em exercício, João Lyra.

Há mais de 50 anos que os católicos das mais diversas paróquias do território arquidiocesano vão até o quartel da PM participar da missa. De acordo com dom Fernando, apesar das mesmas leituras, do clima de confraternização, cada Natal é diferente, é novo. Este ano, o religioso frisou a necessidade de um comprometimento social dos cristãos no combate à desigualdade. “O Evangelho diz que não havia lugar para Jesus, Maria e José. Quantas vezes muitos de nossos irmãos batem a nossa porta e não oferecemos lugar, ou seja, não damos oportunidades de terem uma vida digna? Nossa missão é mudar esta realidade”, afirmou.

Para dom Saburido ter Jesus em nosso meio nos compromete com seu reino que não tem espaço para exclusão. “Somos chamados a viver a plenitude do amor que se fez menino. Temos que deixar o caráter consumista do final de ano e nos importar com os pequenos, pois eles são os preferidos de Jesus”, explicou o arcebispo.

Por fim, dom Fernando exortou a assembleia a serem “anunciadores da esperança”. “Jesus é a luz que nós experimentamos de forma ainda mais especial nesta noite é preciso que levemos este amor ao mundo que está sedento”, concluiu o religioso.
Da Assessoria de Comunicação AOR

Mensagem de Natal 2011

“Quando a noite ia no meio do seu curso e um silêncio profundo envolvia o universo, a tua palavra todo-poderosa desceu do seu trono real para a terra” (Antiga antífona de intróito do domingo dentro da oitava do Natal baseada no livro da Sabedoria 18, 14- 15).

Queridos irmãos e irmãs,

O Natal é a festa da Palavra. Nós, cristãos, acreditamos que uma Palavra revelou: o mundo está ‘grávido’ de Deus. O nascimento de Jesus é a manifestação desse mistério da presença divina na história. Atualmente, nossa sociedade está inflacionada por muitas palavras e imagens. Tende a tornar a comunicação uma mera publicidade comercial. Por isso, mais do que nunca, nós que cremos que a Palavra Divina se fez carne somos chamados/as a testemunhar a importância e a centralidade desta Palavra em nossas vidas e na nossa fé.

O mundo atual se debate em uma grave crise econômica, ética e cultural. Em vários países, setores da juventude têm ido às ruas e praças para pedir outra forma de organizar o mundo que não seja a partir do mercado e do lucro privado de minorias, ao custo do desemprego e do sofrimento de multidões. É uma situação de escuro, na qual não se vislumbra um futuro promissor. Como na noite do Êxodo bíblico da qual fala o livro da Sabedoria e a noite na qual nasceu Jesus em Belém, a Palavra de Deus pode ser luz e servir de orientação para que o mundo resolva seus conflitos no diálogo e no respeito ao direito de todos.

Hoje, o Natal vai além da sua importante dimensão religiosa. Serve também de ocasião para que as pessoas se confraternizem e expressem umas às outras o seu bem-querer. Isso é bom e humano. Mesmo como festejo popular e simplesmente civil, o Natal pode ser uma feliz ocasião de vivermos um encontro com as outras pessoas e isso está dentro do espírito da celebração. Afinal, damos presentes uns aos outros porque recebemos de Deus o primeiro e maior presente. Podemos viver essa troca de presentes e de cartões desejando feliz Natal sem ceder ao comercialismo que tenta fazer da festa mera ocasião de mais lucro e consumismo. O Natal pode ser uma excelente contribuição do cristianismo para toda a humanidade, se esta festa puder ser ocasião para se celebrar o diálogo e a amizade humana, sinais privilegiados de que, em cada pessoa humana, há uma dimensão divina.

Celebramos este Natal de 2011, às vésperas do início das comemorações do 50º aniversário do Concílio Vaticano II que trouxe à Igreja e ao mundo, como disse o papa João XXIII, um novo Pentecostes. Neste cinquentenário do Concílio, a nossa arquidiocese está vivendo um momento novo e fecundo. Os seis Vicariatos e as doze Comissões Arquidiocesanas de Pastoral estão elaborando para nossa Igreja particular um novo Plano de Pastoral que aplicará à nossa região as diretrizes pastorais da CNBB (DGAE) e nos ajudará a sermos cada vez mais uma Igreja discípula de Jesus e missionária, no testemunho do reino de Deus no mundo. O objetivo desse plano é assegurar que nossa palavra seja expressão da Palavra Divina que nos foi dada no Natal. O Plano de Pastoral deve fazer com que a nossa palavra seja, como diz o Evangelho, acompanhada pelos sinais concretos que realizamos (Cf. Mc 16, 20).

A encarnação de Jesus em nosso mundo aparecerá hoje se nos tornarmos, cada vez mais humanos e capazes de dialogar e de viver em comunhão. O mundo reconhecerá essa presença de Jesus no meio de nós se nossas vidas se tornarem sempre mais a serviço da humanidade. Assim, testemunharemos que, dentro de nós mesmos e nesse mundo que jaz na escuridão, há um presépio, no qual descansa não mais o menino Jesus e sim o Cristo ressuscitado, na forma dos rostos concretos das pessoas com as quais convivemos e que encontramos no hoje de nossas vidas.

Que a luz do amor divino rompa todas as escuridões, de nossos corações e das estruturas do mundo. Com este desejo imenso de viver o idioma do diálogo como cântico universal do Natal, saúdo de coração a todos os fiéis da nossa arquidiocese, a todos os irmãos e irmãs de outras Igrejas cristãs que, conosco celebram que o Verbo Divino se fez carne e a todas as pessoas de boa vontade.

A todos/as, desejo um Feliz Natal!
Dom Antônio Fernando Saburido, OSB
Arcebispo de Olinda e Recife

Doação da Imagem de Nossa Senhora do Rosário










Última Missa do Ano de Santo Expedito - 19/12/2011















terça-feira, 29 de novembro de 2011

Procissão da bandeira de Nossa Senhora da Conceição

A 107ª Festa de Nossa Senhora da Conceição teve início nesta terça-feira (29) com uma procissão levando uma bandeira alusiva à Nossa Senhora da Conceição pelas ruas da zona Norte do Recife. 


A procissão reuniu milhares de pessoas que lotaram o Sítio da Trindade. O cortejo passou pela Paróquia Bom Jesus do Arraial, ruas Padre Lemos e Pedro Allain, em direção ao Santuário no Morro da Conceição, onde foi celebrado a missa de abertura.


Confira algumas fotos:









Confira também o Vídeo com a imagem chegando ao Morro da Conceição