Pular para o conteúdo principal

25 de Janeiro: Conversão do apóstolo são Paulo

A 25 de Janeiro celebra a Igreja a conversão do Apóstolo São Paulo.


Merece destaque especial na vocação de São Paulo a sua conversão, pois o acontecimento de Damasco foi fundamental para ele. A leitura dos Actos dos Apóstolos (Act.9,1-22) mostra-nos a importância do que sucedeu naquele providencial meio-dia a caminho de Damasco. A mudança de nome que ocorre, de Saulo para Paulo é sinal de uma radical mudança de vida. A experiência vivida por este grande homem é, sobretudo um dom, uma iniciativa de Cristo, que o chamou a uma vida nova (Act.9,15).

O cristianismo é um acontecimento concreto, é um encontro entre Deus e o homem em Cristo. Saulo encontra-se com Cristo a caminho de Damasco, deste encontro pessoal e intimo com o Mestre, percebe que só Ele pode dar sentido à existência humana e à sua em particular: «Para mim viver é Cristo e morrer é lucro »(Fl.1,21). Toma consciência do amor que Cristo tem por ele, de “apaixonado" perseguidor converte-se em apaixonado mensageiro da fé. Existem três conceitos que se interligam necessariamente, o que para Paulo é clarividente, vocação-comunhão-missão. Ele próprio afirma: «Mas, quando aprouve a Deus, que me escolheu desde o seio de minha mãe e me chamou pela sua graça, revelar o seu Filho em mim, para que o anuncie como Evangelho entre os gentios »(Gl.1,15).

Ao celebrarmos a conversão de São Paulo vivemos a esperança da mudança das nossas vidas, do verdadeiro encontro com Jesus Vivo, vivemos a esperança do perdão.


TEXTO COMPLETO EM: http://jmvalferrarede.blogspot.com/2009/01/converso-de-so-paulo.html

Comentários

Tereza Diniz disse…
No meu blog catequese casaforte tem um selinho pra você.

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagem para o Dia Internacional da Mulher - Missa dos jovens 17h

Igreja Bom Jesus do Arraial
Grupo: Maria: Rainha dos Apóstolos


Dia Internacional da Mulher


Ser mulher...
É viver mil vezes em apenas uma vida
É lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora.
É estar antes de ontem e depois do amanhã
É desconhecer a palavra recompensa
Apesar de seus atos.
Ser mulher...
É chorar de alegria e muitas vezes
Sorrir com tristeza.
É acreditar quando ninguém mais acredita.
É cancelar sonhos em prol de terceiros.
É esperar quando ninguém mais espera.

Ser mulher...
É estar em mil lugares de uma só vez.
É fazer mil papeis ao mesmo tempo.
É ser forte e fingir que frágil...
Para ter um carinho.
Parabéns mulher!
Não pelo oito de março;
Mas,
Por serem mulheres...
Fortes e Lutadoras,
Duras e fracas,
Mulheres de todas as raças,
Mulheres guerreiras,
Mulheres sem fronteiras,
Mulheres de beijo e abraço

Parabéns pelo dia 8 de março


Confira as fotos da entrega das tulipas feita pelo grupo jovem Maria: Rainha dos Apóstolos:

http://www.vibeflog.com/igrejadaharmonia

Andor de Nossa Senhora da Conceição

O blog Harmonia Extra traz em primeira mão para todos os internautas que acompanham o informativo através da internet, como foi os preparativos do andor com a imagem de Nossa Senhora da Conceição.

Com muita fé e amor, o cabelereiro e decorador Silvio com sua equipe, foi quem fez a decoração completa do andor. Este ano, em homenagem a França, o andor foi revestido por rosas vermelhas, azuis e brancas. Nos pés da imagem foi construída uma pequena cidade cenográfica que retrata o tema da Festa “Maria, Um Olhar Sobre a Cidade”.

Antes:   




















Depois:









Equipe que ajudou na Decoração do Andor de Nossa Senhora da Conceição

Entrega de novas fitas do Apostolado da Oração

Na primeira sexta feira do mês de julho, dia 01, tivemos a cerimônia da entrega das fitas às novas zeladas do Apostolado da Oração de nossa paróquia bem como a passagem de antigas zeladas para zeladoras.
Com o recebimento do manual e da patente as novas zeladas incorporam-se a um movimento centrado na devoção ao Sagrado Coração de Jesus. A devoção ao Sagrado Coração de Jesus iniciou-se ao pé da cruz no momento em que o soldado com uma lança perfurou lhe o lado abrindo Seu coração. O 'Apostolado da Oração teve seu início na França em uma casa de estudos em Valsperto de Le Puy. Crescia nos estudantes de teologia e filosofia, presos em seus livros e temas escolares, o anseio de realizar algum apostolado direto nas paróquias junto ao povo. Inspirado pelo Espírito Santo Pe Francisco Xavier Gautrelet, jesuíta, no dia 3 de dezembro de 1844 lançou essa luminosa idéia: oferecer seus trabalhos e estudos, sacrifícios e alegrias, oferecendo tudo, em espírito apostólico, nascendo assim o Aposto…