Em missão multiplicamos os doze



“Meu pai trabalha até agora, e eu trabalho também”. (Ef 5,1)

IDE, CONTINUA! Jesus enviou os seus doze apóstolos e em seguida mais setenta e dois. Se quisermos fazer parte do reino de Deus façamos cada um a nossa parte. Deus capacita a cada um, devemos então usar o dom que nos foi conferido para continuarmos a missão dada por Jesus aos apóstolos, que ainda não terminou. Neste espírito de missão podemos conferir em nossa paróquia a crescente e contínua busca pelo “ser missionário” concretamente vivida pelas nossas pastorais e movimentos. Nestes últimos anos vimos florescer algumas belas iniciativas que se consolidaram e hoje já se colhem os resultados vividos na evangelização e no amparo aos irmãos. Muitos são os sustentáculos de uma paróquia, cujo trabalho vem alicerçado principalmente nos membros de suas pastorais que com sua doação voluntária revivem o ministério dos apóstolos. Crescemos em número e qualidade. Foram criadas as pastorais da saúde, da criança, do idoso; formaram-se o coral que conta com mais de trinta membros, o grupo jovem e a equipe de manutenção e obras; a PASCOM, uma das pioneiras em usar os meios de comunicação on line para divulgar as notícias através do blog e das redes sociais, recebeu recentemente o reconhecimento da Câmara de Vereadores por seu trabalho; nosso curso bíblico ultrapassou as fronteiras paroquiais, sendo reconhecido por seu conteúdo, trazendo em seus 14 meses de duração um amplo conhecimento da História da Salvação; nossa catequese este ano cresceu em setenta por cento o número de crianças que se preparam para a primeira eucaristia. Nenhuma paróquia pode prescindir de pelo menos  dois movimentos básicos: o Apostolado da Oração e a Legião de Maria, e nós temos a graça de contarmos já há 75 anos com estes movimentos que continuamente rezam por todos nós, pela paróquia, pelo sacerdote. Através da pastoral do idoso fazemos visitas periódicas em casas e abrigos, neste último com uma celebração mensal da santa missa. Existem ainda os colaboradores e voluntários anônimos que conforme suas disponibilidades também participam dessa caminhada, somando-se a esse exército de fé e doação. As portas estão sempre abertas e o trabalho é grande e constante. Fica aqui também um convite: participe diretamente de nossos grupos, sua presença e sua ajuda contribuirão muito nesta missão evangelizadora que todos nós temos como herança direta de Jesus Cristo. 

Abençoados são aqueles que se doam nesta missão: e aquele que doar a sua vida terrena, que doar a si mesmo por minha causa garantirá a vida eterna. (cfr. Mt 16,25)


.

Comentários