terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Cruz da JMJ agita noite da Arquidiocese de Olinda e Recife

Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) já estão no território da Arquidiocese de Olinda e Recife (PE). A Cruz dos jovens e o Ícone de Nossa Senhora foram acolhidos na noite do domingo (15), na cidade de São Lourenço da Mata.
Com queima de fogos e em carro aberto a Cruz e o Ícone, que vieram da Diocese de Nazaré da Mata, foram recepcionados por milhares de fiéis na pequena igreja matriz da paróquia Paróquia Santo Antonio de Tiúma.

Multidão de aglomerou para tocar os símbolos da JMJ, sob cantos e muitos aplausos. Visivelmente emocionado, o pároco, padre Pedro Jorge Costa Silva, manifestou a alegria da simples comunidade paroquial ser a primeira da arquidiocese a acolher a Cruz e o Ícone, e afirmou que nunca esperava que um dia poderia vê-los.

“Posso dizer como o velho Simeão, agora eu posso descansar em paz, porque meus olhos viram a Cruz e o Ícone da mãe de Deus”, relata o padre.

Em seguida, uma carreata conduziu os símbolos para a paróquia de São Lourenço Mártir, no centro da mesma cidade.

Mesmo passando das 23h de um domingo, aproximadamente mil pessoas esperavam na praça diante da igreja. A acolhida oficial foi feita pelo pelo Vigário Episcopal Frei Joaquim Luz, responsável pelo Vicariato Norte. Ele recordou o Beato João Paulo II. “A Cruz que agora chega não é uma cruz qualquer, é abençoada por um homem santo, beato da Igreja, que a carregou durante o seu pontificado”.

Depois de um momento de oração, os jovens do ministério de artes fizeram uma apresentação em homenagem à JMJ e ao Papa João Paulo II.

Cada pessoa teve a oportunidade de aproximar dos símbolos. Uma grande fila se formou na praça da matriz. Todos queriam tocar e fazer suas orações diante da Cruz e do Ícone. “Esse foi o melhor momento de minha vida”, afirmou Raiane Cavalcante, 10 anos.

Mas a noite de peregrinação não parou por aí. Já era quase 1h da manhã da segunda-feira (16), quando buzinas e fogos de artifício interromperam o silêncio da cidade de Camaragibe. Mesmo sendo madrugada a matriz da Paróquia São Pio X estava repleta de pessoas para acolher os símbolos.

Catequista de Crisma na paróquia, Nadjanara Camilo, 22 anos, contou que desde dezembro a comunidade vem se preparando para este momento. “Vamos poder contar para nossos filhos e netos que tocamos na Cruz da Jornada Mundial da Juventude e o Ícone de Maria”, afirma a jovem que garante que a passagem dos símbolos irá motivar os jovens par que continuem sua missão evangelizadora.

Para o Padre Gimesson, presidente da Comissão Arquidiocesana de Pastoral para Juventude, toda a arquidiocese de Olinda e Recife esta envolvida na peregrinação dos símbolos. “É um momento de graça, porque nós realmente estamos podendo experimentar toda a dinâmica da jornada”, explicou o padre, destacando as muitas iniciativas que surgiram no processo de preparação para o Bote Fé.

“Grupos que antes eram dispersos agora se congregam. Os vicariatos, que são as regiões episcopais, realidades recentes em nossa arquidiocese, conseguiram realmente assumir a peregrinação local”, apontou o padre como um dos frutos da passagem da Cruz e o Ícone.

Os símbolos permaneceram na Paróquia São Pio X até às 6h, quando partiram para o Carmelo Nossa Senhora da Conceição, também em Camaragibe. De lá, seguem para o Santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Recife.
Reportagem: Fernando Geronazzo
Fonte: Jovens Conectados 

Nenhum comentário: