Pular para o conteúdo principal

Amor não tem fim: A nossa ‘carreira’ vocacional


Escrito por: Anselmo Cabral / Isga Brasil

Em todas as escolhas que fazemos denunciamos a nossa vocação. É questionável dizermos que somos o que fazemos, mas quando escolhemos, livre e conscientemente, o caminho a seguir, qualquer coisa que venhamos a realizar nesse caminho é sempre uma manifestação da nossa vocação. Isso porque nos dispomos a realizar, com infinito e sempre renovado amor, todas as exigências que este caminho vocacional nos faz. Já não se trata de fazer as coisas como mero trabalho, mas de realizar a missão para a qual nos sentimos chamados por Deus.

É bonito quando pensamos em nossa “carreira vocacional”. São Paulo nos fala: “Combati o bom combate e guardei a fé”. O Divino Mestre nos fala da necessidade de acumularmos “tesouros no céu onde a traça não come e a ferrugem não destrói”. Entendemos assim que na carreira vocacional cada experiência, cada sim, cada passo nos faz chegar mais perto da meta: o Paraíso.

As nossas vocações, profissional e religiosa, se articulam de modo a se tornarem uma só. No universo da vida secular Jesus Mestre nos chama e nos espera como cooperadores para a realização de uma missão: a construção de seu reino. Para muitos, a carreira profissional é um meio para adquirir recursos materiais, e isto não é errado, quando feito com honestidade. Mas, para nós, a profissão é mais um meio, um meio importantíssimo, para realizarmos nossa missão de consagrados.

Falamos em carreira vocacional por acreditarmos que a vocação de cada pessoa está sempre relacionada com sua própria vida e que, por isso, os frutos de nossa vocação serão tanto mais abundantes quanto mais estivermos abertos para repetir diariamente o nosso sim, mediante nossos compromissos cristãos, profissionais e cidadãos.

Blog: http://isgabrasil.blogspot.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagem para o Dia Internacional da Mulher - Missa dos jovens 17h

Igreja Bom Jesus do Arraial
Grupo: Maria: Rainha dos Apóstolos


Dia Internacional da Mulher


Ser mulher...
É viver mil vezes em apenas uma vida
É lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora.
É estar antes de ontem e depois do amanhã
É desconhecer a palavra recompensa
Apesar de seus atos.
Ser mulher...
É chorar de alegria e muitas vezes
Sorrir com tristeza.
É acreditar quando ninguém mais acredita.
É cancelar sonhos em prol de terceiros.
É esperar quando ninguém mais espera.

Ser mulher...
É estar em mil lugares de uma só vez.
É fazer mil papeis ao mesmo tempo.
É ser forte e fingir que frágil...
Para ter um carinho.
Parabéns mulher!
Não pelo oito de março;
Mas,
Por serem mulheres...
Fortes e Lutadoras,
Duras e fracas,
Mulheres de todas as raças,
Mulheres guerreiras,
Mulheres sem fronteiras,
Mulheres de beijo e abraço

Parabéns pelo dia 8 de março


Confira as fotos da entrega das tulipas feita pelo grupo jovem Maria: Rainha dos Apóstolos:

http://www.vibeflog.com/igrejadaharmonia

Andor de Nossa Senhora da Conceição

O blog Harmonia Extra traz em primeira mão para todos os internautas que acompanham o informativo através da internet, como foi os preparativos do andor com a imagem de Nossa Senhora da Conceição.

Com muita fé e amor, o cabelereiro e decorador Silvio com sua equipe, foi quem fez a decoração completa do andor. Este ano, em homenagem a França, o andor foi revestido por rosas vermelhas, azuis e brancas. Nos pés da imagem foi construída uma pequena cidade cenográfica que retrata o tema da Festa “Maria, Um Olhar Sobre a Cidade”.

Antes:   




















Depois:









Equipe que ajudou na Decoração do Andor de Nossa Senhora da Conceição

Entrega de novas fitas do Apostolado da Oração

Na primeira sexta feira do mês de julho, dia 01, tivemos a cerimônia da entrega das fitas às novas zeladas do Apostolado da Oração de nossa paróquia bem como a passagem de antigas zeladas para zeladoras.
Com o recebimento do manual e da patente as novas zeladas incorporam-se a um movimento centrado na devoção ao Sagrado Coração de Jesus. A devoção ao Sagrado Coração de Jesus iniciou-se ao pé da cruz no momento em que o soldado com uma lança perfurou lhe o lado abrindo Seu coração. O 'Apostolado da Oração teve seu início na França em uma casa de estudos em Valsperto de Le Puy. Crescia nos estudantes de teologia e filosofia, presos em seus livros e temas escolares, o anseio de realizar algum apostolado direto nas paróquias junto ao povo. Inspirado pelo Espírito Santo Pe Francisco Xavier Gautrelet, jesuíta, no dia 3 de dezembro de 1844 lançou essa luminosa idéia: oferecer seus trabalhos e estudos, sacrifícios e alegrias, oferecendo tudo, em espírito apostólico, nascendo assim o Aposto…